0 comentários / Postado porgabriela cavallari em

Florais são “remédios” da medicina natural. Em sua grande maioria, são essências extraídas das flores. Essas essências podem ser utilizadas puras ou diluídas, sozinhas ou combinadas, porém tudo depende da situação que está sendo tratada. 

Os florais foram desenvolvidos nos meados dos anos 30, em que o Dr. Edward Bach resolveu se aprofundar no estudo das flores, seus efeitos e propriedades que podem auxiliar em diversas causas e estados emocionais.

Por serem naturais, devem ser usados apenas como um tratamento complementar, recomendado apenas para problemas comportamentais, não físicos. Um exemplo é o de diminuir o nervosismo do pet ao sentir dor, não diminuir a dor em si.

Os florais podem ser usados em diversos casos psicológicos que os animais venham a desenvolver, mas também, em casos do dia a dia que envolvam o comportamento.

  • Mudança de casa;
  • Adoção de um novo pet;
  • Saudade do tutor;
  • Ansiedade;
  • Agressividade;
  • Depressão;
  • Estresse;
  • Medos;

 No geral, esses medicamentos podem ser usados em períodos específicos, como viagens, festas de final de ano, ocasiões que podem gerar estresse, como fogos de artifício.

O floral é um remédio totalmente natural, por isso não possui contraindicações e é preciso apenas de algumas gotinhas na água ou na boca de seu pet. Mas para ver resultados é preciso de constância!

Apesar de ser recomendado por veterinários do mundo todo, vale lembrar que o floral não substitui os remédios veterinários, seria apenas um complemento para deixar o pet mais confortável 😊

Antes de usar qualquer coisa, é importante consultar seu médico veterinário de confiança para saber qual floral é o certo para dar ao seu amigo de quatro patas.

Até a próxima!

via GIPHY

 

 

0 comentários

Deixe um comentário

Todos os comentários do blog são verificados antes da publicação